Ensino de programação ganha espaço em escolas

Ensino de programação ganha espaço em escolas (Crédito:Nathália Salvado/Instituto Ayrton Senna)

Uma tendência, em especial, tem ganhado muita relevância ao redor do mundo: o ensino da programação de computadores a estudantes.  Em países como AustráliaReino Unido, Canadá e  Estados Unidos, a computação e a criação de tecnologias digitais têm sido integradas às bases curriculares de toda a Educação Básica.

Mas quais são as motivações por trás da integração da programação de computadores ao ambiente escolar? Um interessante artigo publicado pelo jornal norte-americano The New York Times  em junho, questiona a influência das grandes empresas de tecnologias nesse processo. Estaria essa tendência mais atrelada a uma demanda por formação técnica/profissional, condicionada aos grandes interesses da indústria?

Em cenários complexos, resgatar o passado sempre ajuda a entender o presente e pensar o futuro. Nesse sentido, a equipe do Instituto Ayrton Senna esteve presente no IDC 2017, um evento focado no design de tecnologias para crianças, realizado em Stanford, nos Estados Unidos.

Entre os aprendizados trazidos pela equipe está o entendimento de que o uso da programação de computadores é também uma prática eficaz para o desenvolvimento de competências, como resolução de problemas, criatividade e colaboração. Em outras palavras, ela também ajuda a promover a Educação Integral.

 

Fonte e Matéria completa: ISTOÉ

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *