DigitalArt4Teens

Introdução à arte digital

O Photoshop, a rigor, é o programa mais completo para edição de imagens da Adobe. Praticamente tudo que você pode fazer com o Illustrator e o Corel Draw, você pode fazer no Photoshop.

Mas, se isso é verdade, porque tanto esforço para criar um programa como o AI (Adobe Illustrator)? Porque também precisamos de um programa que esteja focado em trabalhar com vetores e não é o caso do Photoshop. Precisamos entender então qual é a diferença entre vetor e matriz (Bitmap).

Vetor x Matriz

A única diferença real é a perda de qualidade quando se aumenta o tamanho da imagem.

Uma imagem criada no Illustrator (ou Corel Draw) é vetorizada. Isso significa que se ela for aumentada em 100 vezes, não perderá a qualidade. No entanto, se a imagem criada como matriz já tiver um tamanho grande, ela pode ser diminuída sem perda de qualidade. Então, basicamente, você quer usar o Photoshop para edição e criação de imagens, mas, se criar um logo que vai precisar imprimir em diferentes tamanhos, é melhor trabalhar com um arquivo vetorial (Illustrator ou Core Draw) e não salvá-lo em formatos de matriz.

Movimentação

  1. É importante saber movimentar-se pela imagem, claro. Tente usar Alt + mouse wheel para ajustar o zoom. Use também o mouse wheel para mover-se para cima e para baixo. Ctrl + mouse wheel para esquerda e direita ou a barra de espaço para ativar a ferramenta. É importante ter liberdade sem precisar ajustar a barra lateral o tempo todo.
  2. A Ferramenta Mover ( V ) é importante também se você quer ajustar a posição da sua imagem. Uma dica importante é combinar a Ferramenta Mover com os snaps, assim sua imagem sempre vai se ajustar às laterais ou ao centro. Clique em Visualizar / Ajustar e não esqueça de ativar todas as possibilidades de snap embaixo, no “Ajustar a”.

Seleção

Logo abaixo da Ferramenta Mover, temos 5 importantes grupos de seleção.

  1. A primeira delas, a Ferramenta Letreiro, é uma das mais importantes ferramentas de seleção. Ela pode ser retangular, elíptica ou selecionar linhas horizontais e verticais. Cria uma área pré-definida de seleção. Apenas tenha cuidado para se certificar de que está com a camada correta selecionada.
  2. A segunda ferramenta de seleção é mais precisa, a Ferramenta Laço, permite que você use a caneta para fazer a seleção. A Laço Poligonal cria retas de pixel a pixel, aumentando ainda mais a precisão. A Magnética já escolhe a posição da seleção baseada na diferença de cores – pode ser útil quando você tem cores bem definidas no seu projeto, como em um logo.
  3. A terceira é a Varinha Mágica, uma das ferramentas mais utilizadas por designers. Ela seleciona todo o conjunto de cores semelhantes que se encontram no mesmo lugar, permitindo, por exemplo, que você selecione a camisa de um personagem apenas clicando nela (contanto que seja a mesma cor ou bem próxima). No mesmo grupo, a Seleção Rápida é um pincel que também seleciona por aproximação de cor, mas menos preciso. Ideal, no entanto, para formas com cores bem definidas.
  4. O próximo grupo, também conhecido como crop, é a Seleção Demarcada, que vai cortar a imagem para o novo tamanho que você definir. A Seleção Demarcada Perspectiva ainda joga a nova imagem na inclinação (perspectiva) que você definir. Experimente arrastar as pontas para inclinar este tipo de seleção. Ainda neste grupo, a Seleção por Fatia permite você dividir a sua imagem em fatias e associar um url a cada uma delas – perfeito para uma imagem cortada em que cada parte funciona como um botão para um website diferente.
  5. O último grupo de seleção contém o Conta-Gotas, uma das ferramentas de seleção mais utilizada. Use-o para clicar na sua imagem e selecionar exatamente a cor do pixel onde você clicou. Assim, você pode rapidamente resgatar uma cor que já foi utilizada para começar a pintar em outro lugar.

Transformação

Ctrl + T

Tenha em mente o atalho mais utilizado por designers. O painel de transformação permite que você ajuste o tamanho, rotação, posição e a deformação da imagem. É muito importante aprender a usar bem essa ferramenta.

Para fazer pequenas alterações em imagens e correções, é importante saber usar algumas ferramentas, como:

  1. a) Mover sensível a conteúdo; com essa ferramenta, você vai mover o conteúdo que recortar e o PS vai preencher a área deixada por você.
  2. b) Correção; é uma das mais importantes. É com ela que você seleciona uma parte da imagem e indica ao PS que outra seção você deseja colocar no lugar dela. Faz correções rápidas e é muito prática. Tente remover uma espinha com essa ferramenta.
  3. c) Máscara; é uma das ferramentas mais importantes do PS. Experimente com duas imagens idênticas, em duas camadas diferentes. Na camada superior, aplique um filtro de blur bem alto. Agora selecione a máscara pressionando ALT (para inverter a lógica). Escolha o brush e pinte a imagem para remover o blur apenas onde você pintar. A máscara trabalha com uma lógica dicotômica (apenas preto e branco). Se você criar uma máscara sem o ALT, experimente inverter o preto e o branco (cores primária e secundária) para usar o brush.

Camadas

O Photoshop (e qualquer outro editor) trabalha em camadas. Aprender a sobrepor camadas é fundamental para qualquer trabalho de edição. Aprenda a usar as camadas para copiar (com transparência), para fazer seleções que você vai precisar de uma camada diferente e saiba como sobrepor efeitos em camadas (layer style).

Explore agora os layer styles para entender qual é a funcionalidade de cada um.

Outra importante ferramenta das camadas é a visibilidade (um olho sempre à esquerda da camada). Com ela, você pode ligar e desligar a camada ou seus efeitos e ter uma melhor noção e controle do seu fluxo de trabalho. Um mesmo arquivo psd pode contar vários textos que, ao serem ligados, podem criar vários slides diferentes com o mesmo background. Isto pode ser muito útil para criar rapidamente ícones, como armas ou equipamentos e outros elementos da user interface.

Obs. Para quem gosta de organização. Com Ctrl+G você pode criar uma pasta, em que você coloca todas as camadas selecionadas. Tente fazer isso agora.

Filtros

O Photoshop, assim como o Illustrator, possui uma gama considerável de filtros prontos para serem aplicados à sua arte.

Os filtros são usados para criar efeitos visuais, que podem deixar seu trabalho, tanto com um ar mais realista, quanto simular um estilo artístico (Ex. Pintura em aquarela).

Com algum trabalho aberto no Photoshop, vá no menu Filter (Filtro) e selecione Filter Gallery (Galeria de Filtros}.

Quando estiver satisfeito com o resultado, clique em OK para aplicar o efeito do filtro.

3DS Max - Interface

 3DS Max é um software de modelagem 3D onde podemos criar todo o tipo de coisa, desde personagens animados até modelos arquitetônicos.

Vamos conhecer a interface do 3DS Max:

 

 

 

 

Em verde temos as ferramentas de seleção e edição:

  1. Selecionar e Mover (W);
  2. Selecionar e rotacionar (E);
  3. Selecionar e escalonar (R).

Em vermelho é o Scene Explorer, onde podemos ver todos os objetos na nossa cena.

No retângulo azul encontramos nossas Viewport. É na viewport que visualizamos nosso trabalho. Podemos usar varias configurações de viewport, mas por padrão o 3DS Max inicia com 4 views, em que podemos ver a cena de diferentes ângulos.

Em roxo há as informações das viewports. Essas informações são respectivamente: (+)(Nome da viewport)(Predefinição da viewport)(Preferências da viewport). Elas podem ser alteradas apenas clicando sobre o nome que quer editar, e escolhendo a nova configuração.

Por fim, em amarelo, temos o painel de controle, onde encontram-se as partes mais legais do 3DS Max. Vamos falar mais sobre o painel de controle nas próximas aulas.